CarouselMJ

Sejam Bem vindos (a) ao MJCarousel.

Forum dedicado ao rei do pop Michael Jackson.
Faça parte desta união de amor ao melhor artista
de todos os tempos.

Registre-se e confira nossos tópicos e divirta-se.

Lembrem-se

Fãs de Michael Jackson nunca estão sozinhos!

Equipe MjCarousel

Conrad Murray busca novo teste de evidência usada em seu julgamento

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Conrad Murray busca novo teste de evidência usada em seu julgamento

Mensagem por Invincible em Ter 31 Jul 2012, 13:56

Fonte: MJ News Alerts Brasil/CNN

Conrad Murray busca novo teste de evidência usada em seu julgamento



Conrad Murray quer que uma peça fundamental de evidência, a qual seus advogados argumentam que poderia provar que Michael Jackson auto-administrou propofol, seja testada.

Documentos apresentados segunda-feira por seus advogados, pedem a um tribunal de recursos para solicitar um teste do resíduo em um vidro de 100 ml de propofol, a qual os promotores dizem que continha a dose fatal do anestésico cirúrgico.

Se o vidro possuir 10% de lidocaína, a teoria do especialista da acusação, Dr. Steven Shafer, de que Murray montou um sistema intravenoso utilizando o frasco de propofol e depois saiu da sala, estaria correta.

Shafer testemunhou que a lidocaína que foi encontrada no sangue de Michael Jackson após sua morte, teria sido misturada com propofol para aliviar a dor do medicamento ao entrar na veia.

“No entanto, se o resíduo do vidro contém 100% de propofol, isso iria absolutamente refutar a alegação final de Shafer, de que o frasco foi usada para uma infusão intravenosa de propofol,” o documento disse.

A teoria da defesa era de que Jackson, temendo que seus shows fossem cancelados por não encontrar sono suficiente, acabou auto-administrando o propofol. Eles alegam também, que Jackson engoliu oito comprimidos de lorazepam enquanto Murray não estava monitorando.

Dois pedidos pelos advogados de Murray para testar o frasco de propofol após o julgamento foram negados pelo juiz de primeira instância, que determinou que deveriam ter perguntado para testar antes do julgamento.

Os advogados de Murray argumentaram que o resíduo na garrafa, o qual a acusação nunca testou, tornou-se relevante apenas no final do caso da promotoria, quando Shafer “remodelou” sua teoria sobre como Jackson morreu.

“Dr. Shafer fez uma notável mudança em seu depoimento de refutação, o qual ocorreu durante os minutos finais da parte probatória do processo,” a advogada de Murray, Valerie Wass, disse.

Murray disse à polícia que parou de usar infusões intravenosas de propofol para ajudar Jackson a dormir três dias antes de sua morte, e que ele só administrou uma pequena dose na manhã que ele morreu.

“A quantidade de propofol que Murray afirma ter administrado a Jackson, é compatível com a quantidade de propofol encontrado no sangue de Jackson na autópsia,” o advogado de Murray, Michael Flanagan, disse. “Não houve infusão de propofol na manhã da morte de Jackson. A análise do resíduo no frasco de propofol irá provar a verdade de uma vez por todas.”

A ação pede ao tribunal de recursos para ordenar o laboratório do legista do condado de Los Angeles para testar o resíduo, ou entregá-lo a um laboratório privado para o teste.






mas...isso é confuso...

(...) Murray disse à polícia (...) que ele só administrou uma pequena dose na manhã que ele morreu. (...)

(...)o advogado de Murray, Michael Flanagan, disse. “Não houve infusão de propofol na manhã da morte de Jackson. (...)

Mas o que é a verdade mesmo?
avatar
Invincible
Membro Carousel

Mensagens : 80
Pontos : 191
Reputação : 1

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum